Projeto Hidrosanitário

O QUE É UM PROJETO HIDROSANITÁRIO?

O projeto hidrosanitário compreende os sistemas de distribuição de água, recolhimento dos esgotos e águas pluviais.

No que diz respeito à parte de distribuição de água fria compete:

  • A locação da entrada de água potável com hidrômetro e registro;
  • A locação dos reservatórios e seus abastecimentos;
  • Prumadas de distribuição de água;
  • Ramais de distribuição;
  • Pontos de água fria e registros;
  • Dimensionamento de bombas de recalque e sucção;
  • As prumadas de chegada e saída de água;
  • Os ramais de distribuição, e;
  • Pontos de água quente e registros.

No que diz respeito à parte de distribuição de esgoto e recolhimento das águas pluviais compete:

  • As prumadas;
  • As ramificações;
  • Locação de ralos, e;
  • Posição de caixas de passagem, fossas sépticas e filtros.
  • Temos também os cálculos realizados com fundamentação em normas:
  • Calculo de volume de reservatórios;
  • Cálculo de diâmetro das tubulações;
  • Cálculo do volume de caixas de inspeção, fossa séptica e filtros, e;
  • Cálculo de área de captação das águas pluviais, suas calhas e prumadas de distribuição.
  • Além disso, o Memorial Descritivo com as especificações e procedimentos.

PARA QUE SERVE O PROJETO HIDROSANITÁRIO

O objetivo de um projeto hidrosanitário é indicar através de dimensionamento técnico e conhecimento todo o abastecimento e distribuição de água fria e água quente, o recolhimento e destinação dos esgotos e a captação e destinação das águas pluviais em uma edificação. Projeto de suma importância para o funcionamento da edificação no que tange a parte hídrica do empreendimento.


Projeto Preventivo de Incêndio, Gás e SPDA

O QUE SÃO OS PROJETOS PREVENTIVO DE INCÊNDIO, GÁS E SPDA?

O projeto preventivo de incêndio, gás e SPDA (sistema de proteção contra descargas atmosféricas) é o rol de projetos de combate a incêndio. Tais projetos visam a segurança das edificações no que diz respeito a incêndio, exigências referentes ao gás e proteção contra descargas atmosféricas. Eles devem estar de acordo com a NSCI (Normas de Segurança contra Incêndio) que orienta a localização precisa dos componentes de segurança, as características técnicas dos equipamentos, a demanda de água e as indicações referentes à execução das instalações.

PARA QUE SERVEM OS PROJETOS PREVENTIVO DE INCÊNDIO, GÁS E SPDA

O objetivo de um projeto preventivo contra incêndio é fazer com que o local seja o mais seguro possível. Dessa forma, o projeto visa prevenir de todas as formas possíveis os riscos de incêndio e acidentes. 

Toda edificação que tenha uma alta circulação de pessoas precisa ter o projeto de combate e prevenção ao incêndio. 

Esse projeto é criado e assinado por um profissional especializado para a atividade e deve obedecer às normas de segurança estabelecidas na lei.

Só um profissional capacitado saberá elaborar o projeto de forma segura e apoiado nas exigências tanto do Corpo de Bombeiros como da legislação em geral.


Projeto de Saneamento

O QUE É UM PROJETO DE SANEAMENTO?

Saneamento é o conjunto de medidas que visa preservar ou modificar as condições do meio ambiente com a finalidade de prevenir doenças e promover a saúde, melhorar a qualidade de vida da população e a produtividade do indivíduo e facilitar a atividade econômica. No Brasil, o saneamento básico é um direito assegurado pela Constituição e definido pela Lei nº. 11.445/2007 como o conjunto dos serviços, infraestrutura e Instalações operacionais de abastecimento de água, esgotamento sanitário, limpeza urbana, drenagem urbana, manejos de resíduos sólidos e de águas pluviais.

Os projetos de saneamento são os projetos que estão ligados a área de abastecimento de água, esgotamento sanitário, limpeza urbana, drenagem urbana, manejos de resíduos sólidos e de águas pluviais

PARA QUE SERVE O PROJETO DE SANEAMENTO

O projeto de saneamento serve para melhoria da qualidade de vida das pessoas, sobre tudo saúde infantil com redução da mortalidade infantil, melhorias na educação, na expansão do turismo, na valorização dos imóveis, na renda do trabalhador, na despoluição dos rios e preservação dos recursos hídricos, dentre outros aspectos.


Projeto Complementares de Loteamentos

O QUE SÃO OS PROJETOS COMPLEMENTARES DE LOTEAMENTO?

São os projetos relacionados a área de infraestrutura do loteamento e contemplam o seguinte rol de projetos:

  • Projeto geométrico (detalhamento das ruas, dimensões dos lotes, quadras, áreas verdes, institucionais e de equipamentos comunitários);
  • Projeto de terraplanagem;
  • Projeto de abastecimento de água potável;
  • Projeto de esgotamento sanitário (coleta, transporte e tratamento);
  • Projeto de drenagem de águas pluviais (galerias, guias e sarjetas);
  • Projeto de rede elétrica e iluminação pública;
  • Projeto de telecomunicações;
  • Projeto de pavimentação, e;
  • Projeto de sinalização viária (vertical e horizontal).

PARA QUE SERVEM OS PROJETOS COMPLEMENTARES DE LOTEAMENTO

Os projetos complementares de um loteamento servem preliminarmente para aprovação nos órgãos competentes e logo após para construção e implementação efetiva do loteamento. São os projetos responsáveis por toda a infraestrutura do loteamento.